Almoço no parque: dicas para uma pausa rápida ao longo do dia

Sentar embaixo de uma árvore, sentir o ventinho fresco batendo no rosto, respirar um ar um pouco mais leve e puro, ouvir passarinhos cantarem, desfrutar da calmaria de estar em meio à natureza mesmo em plena cidade grande. Essa é uma daquelas práticas que é possível fazer apenas no verão, quando grande parte da população já pegou seus carros e migrou temporariamente para a praia. É, então, que a cidade fica mais tranquila, com menos barulho de automóveis e buzinas, menos engarrafamento, ônibus mais vazio e um número bem reduzido de pessoas circulando. É, enfim, quando é possível relaxar na cidade. No alto do verão, até mesmo quem não sai de férias consegue ficar mais sossegado, desacelerar no trabalho, porque a energia é outra, ela está renovada após as festas de fim de ano.

Se para você isso parece cena de filme, acredite, não é. Sempre existe um parque, uma praça ou até mesmo o clube onde você é sócia(o) para fazer um pit stop ao longo do dia e recarregar as energias em uma área ao ar livre. Encontre um desses lugares e, ao invés de ir a um restaurante na hora do intervalo, almoce ou faça um lanche por lá.

Veja como é prático criar esse hábito:
• Tenha em mãos uma pequena bolsa térmica, lancheira ou até mesmo as ecobags para carregar os mantimentos.
• Compre alimentos fáceis, como sanduíche, hambúrguer, wrap, doguinhos, potes de saladas, frutas picadas e massas frias. Ao meio-dia, nas lojas Zaffari e Bourbon, você encontra inúmeras opções prontas, frias ou quentes, nos balcões e prateleiras para almoço/lanche.
• Escolha uma bebida engarrafada da sua preferência: água, refrigerantes, chás gelados e sucos são bem-vindos. Compre-a já gelada!
• Reúna alguns amigos (não muitos, porque senão vira mais barulho do que relaxamento) e dirija-se para o espaço escolhido.
• Encontre uma pedra, um banco, uma ponte, qualquer coisa onde possa sentar e acomode-se. Se preferir, lembre-se de levar uma toalha ou uma canga de praia para sentar no chão.
• Coma e, depois, desfrute do ambiente. Feche os olhos e respire fundo várias vezes para ampliar a experiência reconfortante.

Viu como é fácil inserir uma prática diferente e mais natural no meio da rotina?
Aposte nessa sugestão!

OBS: você também pode adotar essa prática no início da manhã, antes de ir trabalhar, tomando café no parque, ou no final da tarde, após o expediente, fazendo um lanche, bebendo uma água de coco e, por que não, fazendo exercícios como yoga, pilates, corrida e alongamento.

Deixe uma resposta