Frango Assado no Forno com Legumes: é só temperar e esperar assar

Sabe aquela receita que demora um pouco a mais do tempo que temos, mas que, depois de pronta, vale cada segundo gasto? Esse é o caso do frango com legumes assado no forno elétrico. Além de ajudar a aquecer a casa neste inverno, devido ao vapor que emana do forno, também espalha um cheirinho incrível pelo ar devido aos temperos e ervas aromáticas que leva. Para saber quais são os truques e dicas, é só aprender com a nossa receita fácil, preparada com coxas e sobrecoxas de frango para ser ainda mais prática e saborosa.

1. Calcule a quantidade de carne de frango por pessoa
Podemos colocar de 2 a 3 pedaços por pessoa. Veja qual a preferência do pessoal na sua casa, se é mais coxa ou mais sobrecoxa.

2. Opte pela compra dos pedaços resfriados (e não congelados)
A carne absorverá mais rapidamente o tempero.

3. Tempere e deixe marinar, preferencialmente, de um dia para o outro
O segredo do tempero do frango reside no tempo de contato entre a carne o tempero, bem como nos ingredientes desse tempero, a fim de obter aquela crostinha crocante por fora.

O tempero:
Coloque as coxas e sobrecoxas em uma vasilha grande e passe sal temperado em cada um dos pedaços, um a um. A dica para a quantidade de sal é 1 colher de chá para cada 1kg de frango. Acrescente à vasilha folhas de sálvia, salsinha, cebolinha verde e alho picados. Frango combina bem com ervas aromáticas. Então, você pode adicionar um pouquinho de orégano e tomilho à mistura, se desejar. Por fim, coloque o vinho, cerca de 1/2 copo para cada 8 peças. O detalhe importantíssimo aqui é o vinho: para marinar, use sempre vinho branco seco. Misture tudo dentro da vasilha (valiosíssimo é usar as mãos nesse momento, a fim de mexer bem). Depois, deixe descansar de 4 a 6 horas, se você tiver esse tempo, claro! Caso contrário, 1 hora também já é consideravelmente bom.

Quem for deixar marinando de um dia para o outro na geladeira, lembra de cobrir bem a vasilha com plástico filme para o cheiro não espalhar pela geladeira. Já quem for deixar marinando em temperatura ambiente e menos horas, lembra de cobrir com uma toalhinha a vasilha enquanto isso.

4. Disponha tudo na forma e leve ao forno
Na hora da montagem do prato, intercale pedaços de coxa e sobrecoxa na forma com pedaços de batata, cenoura, tomate e cebola cortados bem grandes (para que não desmanchem ao longo do cozimento). Coloque junto o restante do tempero que acumulou no fundo da vasilha e largue um generoso fio de azeite por cima de tudo. Leve para assar seguindo a dica da proporção entre a quantidade de carne e o tempo de cozimento: para cada 1kg de carne de frango, asse por 20 minutos a 180ºC, ou então a 160ºC por cerca de 40 minutos. Obviamente, leve em consideração a potência do seu forno elétrico. Você, melhor do que ninguém, conhece-o. Essa receita pode levar até mais de 1 hora, inclusive, para cozinhar, dependendo do forno elétrico.

O truque para assar é ir, de tempos em tempos, virando os pedaços de frango e legumes na forma e cuidando com a quantidade de água que os ingredientes soltam. Se for muita, vá retirando aos poucos para assar com a menor quantidade de água possível. Cuidado para não deixar queimar nem em cima nem embaixo, mas dourar e criar a crostinha. Por isso, o truque de virar as peças. Enquanto o frango cozinha, prepare os acompanhamentos: um simples arroz e uma bela salada de folhas verdes são perfeitos.

Se você tiver forno à lenha em casa, essa receita é igualmente excelente para tal tipo de cozimento. Demora mais, pois o processo torna-se mais lento; porém ajuda igualmente a esquentar a casa e o aroma que se espalha pelo ar fica ainda mais intenso. Esse prato também é ótimo para dias com visitas em casa, uma vez que você coloca o frango para assar e aproveita o tempo de cozimento para uma pausa regada à caipirinha, chimarrão ou petiscos junto aos convidados.

Deixe uma resposta