Receita de Puchero de Ossobuco à Otávio Rocha por Marcelo Gonçalves

A convite do Grupo Zaffari, três renomados chefs da capital gaúcha encararam o desafio de inventar pratos que representam pontos turísticos da cidade, em homenagem aos 247 anos de Porto Alegre, o qual é celebrado no dia 26 de março. Vico Crocco, do Crocco Studio Design, Elisa Prenna, do Chicafundó, e Marcelo Gonçalves, da Pâtissier, inspiraram-se, respectivamente, no Pôr do Sol e na Orla do Guaíba, no Monumento aos Açorianos e no Viaduto Otávio Rocha para criar, compor e apresentar suas receitas.

Marcelo Gonçalves buscou na sua memória afetiva a grande fonte de inspiração: o Viaduto Otávio Rocha, na Av. Borges de Medeiros. Quando era pequeno, circulava muito pelo espaço, visto que morava na região. Inclusive, chegou a andar de bonde elétrico com a sua avó por ali. O apego e a admiração pela obra arquitetônica logo fizeram-no descobrir uma história atrelada ao local. Sobre o Viaduto Otávio Rocha reside o Hotel Everest, onde reza a lenda que, antigamente, o chef da casa preparava puchero para locais e personalidades saborearem. Então, Gonçalves reinventou esse clássico, adicionando pitadas da sua irreverência gastronômica e chamando-o de Puchero de Ossobuco à Otávio Rocha. Diferentemente das receitas tradicionais de puchero, o chef Gonçalves preparou o prato com os ingredientes grelhados, e não em forma de sopão/caldo como normalmente conhecemos; permitindo, assim, que o mesmo seja apreciado em todas as estações do ano, não apenas nos dias frios. Mais uma das suas referências ao Viaduto Otávio Rocha, o qual possui o Passeio das Quatro Estações.

Confira também os pratos exclusivos de Vicco Crocco e Elisa Prenna

Puchero de Ossobuco à Otávio Rocha: para 2 pessoas

Ingredientes:
400g de músculo bovino com osso (ossobuco)
200g linguiça defumada grossa
1 batata-doce rosa média
1 espiga de milho verde
2 batatas inglesas pequenas
¼ de repolho médio
2 cenouras médias, preferencialmente orgânicas
100g de vagem holandesa aparada
1 ramo de tomilho fresco
½ maço de salsa verde
Azeite de oliva extravirgem
Sal e pimenta-preta moída a gosto

Modo de preparo:
Tempere as verduras, legumes e o ossobuco com sal e pimenta-preta moída.
Em uma panela funda média, ferva todos os ingredientes imersos em água fria, com exceção da vagem, do azeite de oliva e da salsa.
Ao ferver, baixe o fogo é vá retirando com uma escumadeira os itens que estiverem boiando, evitando, assim, que o caldo fique turvo.
Na medida em que estiverem cozidos, retire os vegetais e reserve. Depois, retire a linguiça e o bacon e siga cozinhando a carne até que fique bem macia.
Escalde a vagem sem deixar que cozinhe muito. Coe o caldo, acerte o sal e a pimenta. Reserve.
Grelhe em panela antiaderente todos os vegetais e as carnes.
Disponha tudo em uma travessa para servir. Ajuste novamente o sal e a pimenta. Salpique salsa picada. Regue com azeite de oliva e vá acrescentando o caldo na medida que você gosta, mais ou menos. Também pode ser servido e consumido completamente sem o caldo.

Deixe uma resposta